CINEMA PARA QUEM AMA CINEMA

Inaugurado em 1926, o Cine Odeon é um dos últimos cinemas de rua da cidade do Rio de Janeiro. Pioneiro e único do polo cinematográfico criado na Cinelândia ainda em atividade. Após a reformulação promovida pelo Grupo Severiano Ribeiro, reabriu em 2015 sob um novo formato: ODEON CENTRO CULTURAL SEVERIANO RIBEIRO, e além de filmes, passou a oferecer mostras, exposições, eventos musicais, cursos, espetáculos, palestras e eventos diversos ligados à cultura.

A reforma do espaço incluiu a restauração da fachada e do interior, respeitando o projeto arquitetônico original, além de uma revisão geral dos sistemas hidráulico e elétrico, e da recuperação do revestimento interior. A revitalização abrangeu também a troca da tela, do sistema de refrigeração de ar e a implementação de um novo equipamento de projeção digital e de som. O letreiro também foi recuperado, assim como o lustre do interior, e a capacidade de público manteve os seus 550 lugares.

Com a reabertura do Odeon temos de volta os lanterninhas, profissionais que auxiliavam o público nas sessões dos antigos cinemas, que não contavam com iluminação nos degraus. Os novos lanterninhas do Odeon usam uniformes inspirados no que era usado na época da inauguração, em 1926. O espaço conta também com uma loja da Starbucks, que foi inaugurada em setembro de 2015.

Sede dos principais festivais e mostras de cinema da cidade, como Festival Anima Mundi, Festival Varilux de Cinema Francês e o Festival do Rio, abriga ainda uma programação diversificada de mostras, retrospectivas e cineclubes, combinando com harmonia o cinema de arte com os grandes lançamentos comerciais em um só espaço.

“Nossa intenção é fazer do ODEON CCLSR um centro de irradiação de cultura com bastante dinamismo, que agregue valor ao cinema de rua e que permita várias experiências”.

Luiz Severiano Ribeiro
PRESIDENTE DO GRUPO KINOPLEX

O Odeon faz parte da memória cultural e afetiva do Rio de Janeiro e representa uma época em que o cinema e o Centro da cidade se confundiam e se completavam.

A comunicação visual do ODEON CCLSR se baseia no encontro de estéticas que caracteriza a história do Odeon, que atravessou os anos, se renovando, inovando, criando e absorvendo influências, além de oferecer ao público uma sensação constante de resgate histórico, cultural e afetivo.

Tendo as referências do período Art Déco em seu DNA, mas também se comunicando com as novas tecnologias, o Odeon é uma casa que mantém a tradição do passado sem perder a capacidade de dialogar com o presente e se preparar para o futuro.

Em sua inauguração, em 1926, o filme exibido foi “Amor de Príncipe” e na reinauguração em 2015, “O vendedor de Passados”.